As Diferenças entre Vídeos Animados Para Empresas B2B e B2C

Você já ouviu falar de vídeos animados para empresas B2B e B2C?

Se você faz parte do mundo dos negócios online certamente deve saber a importância que esses vídeos possuem para conseguir satisfazer seus clientes.

Vamos começar…

Os vídeos B2B (Business to Business) são os vídeos entre empresas, isto é, produzido de uma empresa para outra empresa. Por exemplo, o principal público alvo do vídeo que criamos para a startup Fair Traders são outras empresas, portanto este é um vídeo B2B:

Os vídeos B2C (Business to Consumer), por outro lado são os vídeos voltados diretamente para o cliente final. Ao contrário dos vídeos B2B que tendem a ser mais técnicos, os vídeos B2C costumam ser mais efetivos quando focam em emoção e personagens diversificados. Um exemplo de vídeo B2C é o vídeo que criamos para a Startup Abuze, cujo usuário é diretamente o consumidor final:

Vamos agora conhecer mais detalhes sobre os vídeos animados para empresas B2B e B2C para conseguirmos entender as diferenças entre eles.

Detalhando os Vídeos B2B

De negócio para negócio, essa é a melhor definição que temos para os vídeos B2B, que possuem como objetivo passar informações, oportunidades de negócio e comércio entre duas empresas. Os vídeos B2B substituem negociações físicas entre empresas, que podem passar a ser feitos na internet de forma mais simples e rápida. Aqui é interessante fazer o uso de gráficos explicativos, e usar uma dinâmica diferente para conseguir transmitir a ideia principal.

Uma característica importante dos vídeos animados B2B é que quando se tratam de negociações entre empresas geralmente a opção de compra é tomada em conjunto e muitas vezes envolve negociações entre os níveis da hierarquia. Assim, ao criar um vídeo B2B você deve ter cuidado pois muitas vezes a primeira pessoa da empresa alvo que assistirá o vídeo não será o tomador da decisão final, portanto os argumentos usados no vídeo devem considerar isso. Está exatamente aí um dos maiores poderes dos vídeos animados para as negociações B2B: O vídeo certo acabará se transformando numa ferramenta de vendas na mão daquele colaborador que assistir, que poderá utilizar o vídeo para vender a solução para seu gerente ou o diretor da empresa. Mas lembrando: vídeos animados são especialmente eficazes para transmitir profissionalismo e tornar conceitos complicados mais simples, mesmo assim a mensagem contida no vídeo animado deve ressonar tanto com os funcionários de linha de frente da empresa de seu público alvo quanto com gerentes, e cada um espera que informações específicas sejam abordadas no vídeo.

Outra diferença entre os dois públicos: Enquanto no vídeo B2C o público em geral espera vídeos curtos pois o vídeo consome seu tempo livre, o público B2B espera vídeos curtos pois isso faz com que seja possível executar seu trabalho mais rapidamente: Imaginem um cenário em que um determinado executivo recebe a tarefa de contratar a solução para um determinado problema, e enquanto no site de uma empresa que ele acredita que possa ter a solução ele encontra enormes textos com informações confusas, em outro ele encontra um vídeo que em 1 minuto o faz ter certeza de que aquela solução é a melhor escolha e ainda acredita que poderá usar esse mesmo vídeo para apresentar para seus superiores, qual das soluções você acha que ele vai preferir?

 

Detalhando os Vídeos B2C

Da empresa para o consumidor. Os vídeos B2C são a melhor forma de comunicação entre empresa e o cliente final, buscando uma melhor interatividade e confiança entre quem possui um negócio e entre quem procura soluções, que nesse caso são os clientes. Se você possui uma produtora ou uma prestadora de serviços, os vídeos B2C são uma forma de levar o conteúdo diretamente para seus clientes. Aqui é necessário lidar melhor com as emoções das pessoas, de forma a conseguir criar um vídeo marketing que estimule a parte emocional.

 

Os vídeos B2C possuem uma maior capacidade de comunicação, pois é feito diretamente entre a empresa e o consumidor final do produto ou serviço. Dessa forma, podemos dizer que os vídeos B2C são mais personalizados pela comunicação instantânea que oferecem. Ainda, não esqueça que é fundamental definir bem o público-alvo do vídeo B2C para facilitar o trabalho do designer que vai elaborá-lo

Diferenciando Vídeos B2B de Vídeos B2C

Por fim, vamos detalhar agora as principais diferenças entre os vídeos para empresas B2B e os vídeos B2C. A principal diferença entre eles é que o primeiro é voltado para transmitir informações entre duas empresas ou até mesmo um grupo de empresas, sendo muito usado nas negociações online entre essas empresas. Já os vídeos B2C possuem como foco principal os clientes, ou seja, transmitir conteúdo para eles de forma que não precisa de um intermediário, a comunicação é mais instantânea e mais disponível.

Os vídeos B2C geralmente tem que ser mais humanos, com foco na linguagem mais simples possível com uso de personagens, humor e emoções.

Assim, a grande sacada para o seu negócio é você utilizar essas duas formas de vídeos animados para empresas, vendo qual delas irá se adaptar melhor ao seu negócio. Para atingir diretamente os consumidores finais faça o uso dos vídeos B2C que podem passar mais emoção, já para empresas use os vídeos B2B, tendo em vista um projeto bem elaborado e mais detalhado o possível.

E então, a sua empresa é B2B ou B2C? Independente se seu público alvo são outras empresas ou o público final, converse conosco e tire suas dúvidas nos comentários abaixo.